sexta-feira, 18 de junho de 2010

Uma rua da cidade: Inácio Lustosa, um certo dia, há muito tempo

Não exatamente aqui, que é a Rua Portugal, mas logo na esquina, ali pra baixo.
Nas imediações. Certo, my love? Muito longe do primeiro dia do resto de nossas vidas. Mas valeu.


Imagens: Marjorie Roberta também aqui porque ela, como eu, curte o Pomplamoose

4 comentários:

  1. Hummmm... decifra-me ou te devoro, hein? hehhehhe

    ResponderExcluir
  2. Oie, queridíssimo
    Que bom que você veio.

    Lembra dos Muppets?
    Se eu soubesse q'ocê vinha tinha feito um bolo
    Feito um bolo
    Feito um bolo
    Se eu soubesse q'ocê vinha tinha feito um bolo
    Bem legal, bem legal, bem legal

    haha, pois é, mistérios...
    bjaum

    ResponderExcluir
  3. Gerson Guelmann zs19 de junho de 2010 14:33

    Parei para dizer que as ruas mais bonitas de Curitiba são aquelas onde a grama germina d'entre as pedras. Mas quanto as lembranças que elas evocam, me inclua fora disso. Não quero me envolver em assuntos que inevitavelmente acabam em "chorraderra", no dizer de nossos queridos polacos.

    ResponderExcluir
  4. Pra que chorraderra? São apenas lembranças, nada mais. Como cantavam Os Cariocas:

    Pra que chorar
    Pra que sofrer
    Se há sempre um novo amor
    Cada novo amanhecer
    ;)

    ResponderExcluir

O que você acha?