segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

Templo é dinheiro

Lina Faria fotografou essa loja como parte de um projeto intitulado "Despaisagens", que enfoca trechos de Curita que vão sendo demolidos em nome do progresso. Corrija-me, por favor, se eu estiver errada, Lina.



Bem mas, além do apelo artístico, essa photô vale pelo teor do cartaz repetidamente afixado à porta. Que me perdoem - ou não - os amigos evangélicos, especialmente aqueles que doam com convicção e alegria seu dízimo, mas não pude resistir à piadosa (e não piedosa) ideia de que o Irmão Davi já estaria a par e passo com o Itaú. Se é que vocês me entendem.





7 comentários:

  1. Gerson Guelmann zs6 de dezembro de 2010 11:34

    O irmão Davi deve ser da seita "aceita cheque e cartão de débito".

    ResponderExcluir
  2. A Seita Cheque e Cartão de Débito, irmão.
    Aleluia.

    Não se ofendam, é só brincadeirinha, irmãos, baseada naquele vídeo do Edir Nhero Maiscedo.

    ResponderExcluir
  3. ha ha ha, divertidíssimo o post e os comentários... perfeito pra animar a segundona... me fez lembrar de um post da primeira semana de existencia do blog-cemitério... DEUS NÃO É SURDO...

    http://b1brasil.blogspot.com/2010/06/blog-post.html


    JOPZ

    ResponderExcluir
  4. Bem dessa, Jopz.
    O Jizuiz dos crenti é meio surdo, o povre.
    Sinão, pra que aquele berrero na hora de intoá ozino?
    É unum é? Crendiospai!

    ResponderExcluir
  5. San,
    o irmão davi é um expert do marketing.
    único que deixou endereço.
    mas vocês não sabiam que todo o entorno da praça 19 é dominio dos evangélicos, sob liderança da politica mara lima?
    salvo o ile de france, tá tudo dominado.
    até o itaú, eu acho. hehehe...

    ResponderExcluir
  6. Ah, e despaisagem é um projeto recorrente.
    Gosto dessa coisa de tempo e espaço.

    ResponderExcluir
  7. Tive meu momento Kodak ao conhecer a Mara Lima durante a campanha eleitoral =(

    Well, começa que sou contra evangélico se candidatar a cargo político, a não ser que tirasse licença do showbiz um ano antes da campanha, pois é uma covardia contra os demais candidatos, já que os evangélicos entram com todos os irmãos de cabeça feita pra votar neles e garantir o suportão financeiro.

    Falar a verdade, da Praça 19 eu só curto mesmo o Île de France. Hmmm... Crevettes à la Provençale, s'il vous plaît.

    ResponderExcluir

O que você acha?