quinta-feira, 1 de abril de 2010

À quoi penses-tu, Séverine?

Belle de Jour, an outrageously beautiful Catherine Deneuve, no filme de Buñuel de 1967, vestida pelo deus Yves Saint-Laurent, despida por muitos, mesmo que na imaginação, ooolala! Não neguem, meninos. Tudo atual ainda hoje. Minha única vingança contra a beleza ultrajante desse rosto é que La Deneuve não era assim tão boa de corpo, ufa, meio desbum, cintura grossa, perna fina, confira, I can do better than that. Em que você está pensando, San? Primeiro de abril?

15 comentários:

  1. Negar, jamais. Esse é um dos filmes mais intrigantes já realizados sobre a alma feminina em toda a história do cinema. Vale por vários compêndios, tratados e que tais. Amo La Belle de Jour justamente porque mostra as dimensões inesperadas do labirinto que pode estar escondido no rosto e no corpo de uma mulher.

    ResponderExcluir
  2. Ahhh, por isso. Caçador de dimensões inesperadas, hã? Okay. Tem licença?

    ResponderExcluir
  3. Sans doute, San ne doute pas.

    Quem seria eu para duvidar de tão férrea declaração? Eu, que de arma de caça não conheço além de um estilingue de piá de calças curtas...

    ResponderExcluir
  4. Só de ler esse "com licença" já dei licença prá tudooo!!!

    ResponderExcluir
  5. Pra falar a verdade, caçar dimensões inesperadas da alma feminina não requer armas. Só precisa ter um certo jeito. São dimensões que gostam muito de ser reveladas e não podem nem pensar em ser abatidas.

    ResponderExcluir
  6. E que tal o coração de uma mulher. O perfume de uma mulher, and so on... em toda a sua profundidade!

    quando se vai além do corpo e do rosto... isso tem um nome!

    Ou não tem?

    ResponderExcluir
  7. Anônima,
    resistir, quem há de? Tal gentileza nos move, não é mesmo? ;)

    ResponderExcluir
  8. Vitola,
    não sabia que sua expertise em comunicação atingia tão plenamente tal esfera. É uma dimensão inesperada de você que estou conhecendo, wow.

    ResponderExcluir
  9. Louie,

    sim, isso tem um nome. O tal que provoca hecatombes, ainda que postergadas.

    ResponderExcluir
  10. De novo e de novo. Não entrega a rapadura, la rapadure, haha

    ResponderExcluir
  11. Buñuel, Truffaut e Saint-Laurent bem a exploraram.
    Ainda um "mulherão" em seus quase 67 aninhos.
    Eterna "belle de jour"!!!!!
    Bj

    ResponderExcluir
  12. Pior de tudo é que tenho que concordar com isso...ai, ai,...

    ResponderExcluir
  13. Verdade, Doc.

    E concordo que ela ainda é belle. Prova que não é impossível, muito me alegra tal fato ;)

    ResponderExcluir
  14. Fã, não dê bola. Tudo merchand...

    ResponderExcluir

O que você acha?