sexta-feira, 30 de abril de 2010

Não desista de mim. Vou cordon-bleuzar um pouco e já volto.

Depois de fazer um belo almoço (meu trivial é imbatível, digo sempre sem o menor constrangimento, e ainda achando isso um baita understatement) voltarei com umas milongas que escrevi dias atrás e ainda não postei. Legalzinhas até. Vemo-nos depois, então? Bom almoço pra você, embora não seja o meu. Tenho certeza de que você adoraria o meu feijão preto com costelinha defumada, arroz branco, farofa, carne refogada bife acebolado, mandioca frita, salada de alface e pomodoro. Tudo muito bem temperadinho, leve no azeite e no sal, just perfect. Com direito a suco natural de fruta à escolha.

Meu lado Amélie, que é uma Amélia à francesa, oooolala!

7 comentários:

  1. O cheirinho do almoço chegou... de longe. Esperamos agora as mil ongas!

    ResponderExcluir
  2. Pois então. E estava muitíssimo bom o almocinho. Quantos às mil longas, vamos a ver quantas saem. Uma ou outra, com certeza ;)

    ResponderExcluir
  3. Aqui salivanteeeeeeeeeeeeeee
    Bj

    ResponderExcluir
  4. Cardápio impecável, tempero primoroso, conversa mirabolante, trilha sonora de alta qualidade e uma sobremesa absolutamente inesquecível. Que tal se, da próxima vez, você me convidasse?

    ResponderExcluir
  5. Estou me escalando prá próxima vez...e por falar nisso, qual é a sobremesa????

    ResponderExcluir
  6. Paulo Vi,
    se inesquecível a sobremesa, só pode ter sido papo-de-anjo, não? Com ou sem hífen, não é a sua favorita? É por isso que você cai na minha conversa, eu sou um anjo.
    Juro que da próxima vez te convido, disse o Lobo a Chapeuzinho ;)

    ResponderExcluir
  7. Famélica,
    pois então, vamos ter de distribuir senhas, pois vive um verdadeiro overbook esse rapaz. A sobremesa é assim: quanto mais doce você faz, mais ele gosta, acredite.

    ResponderExcluir

O que você acha?