quinta-feira, 13 de maio de 2010

Este é o cara

Um dos melhores produtos deste planeta, em todos os tempos. Click de Nego Miranda, para quem tiro todos os meus trinta chapéus, por ter captado tão bem essa cara de Paulo Vitola que o Paulo Vitola tem. Absurda essa boca terna e tensa, arco ajustado para dardos certeiros, nem sempre em forma de palavras, sonho eu, embora elas sejam irresistíveis. Os olhos, ah! os olhos. Claros, falsa serena lagoa em que se deseja urgentemente mergulhar, tocar o fundo, sem hora pra voltar.
Paulo Vitola, doce e penetrante no olhar de fogo e mel. Assim, de cara, mais forte e mais doce que o punhal de Dalton. Isso tudo mais a sua poesia, resistir quem há de? Não eu, por certo, nem quero.
E a voz? Não tem outra mais quente nem mais aveludada, com a inflexão exata no momento certo, e as nuances todas que enriquecem cada palavra e expressão. A voz que Marlon Brando devia ter tido. A voz que Frank Sinatra, ao falar, não tinha. Harmoniosa, densa, encantadora, pillow talk voice por excelência. Se Paulo Vitola fala ao telefone com voz plana, apenas para pedir um taxi, a operadora lá na central suspira e pensa: ah, se eu pudesse atender essa corrida com certeza esqueceria o tédio desse dia. Essa voz leva metade dos créditos de seu poder de sedução. E merece. O único sotaque curitiboca que me fascina. A fala arrastada, descansada, segura, de quem sabe sempre que vai chegar onde quer. E chega.

17 comentários:

  1. San:

    Eu conheço esse cara de algum lugar.
    Deve ser de alguma agência de publicidade, ou de quando catávamos algodão em alto mar.

    Solda — com Alzheimer Transitório, que, segundo Àurea Leminski, já se tornou Permanente, para sempre.

    ResponderExcluir
  2. O seu é transitório, o meu é intermitente. Qual o pior?
    Não, o que o Paulo Vi zoa comigo por causa disso! Fica sempre preparado para completar minhas frases, tipo na mais pura eficiência. Imagine ele, naquela erudição e agilidade, aturando um Halzie talk... Ah, mãezinho.

    Vou te mandar as fotos, nunca mais use aquelas que eu odeio, pleeease.

    ResponderExcluir
  3. Que coisa mais lindaaaa...vou passar o resto da tarde aqui,mirando esses olhos, essa boca, esse ...ah, tudo, ficarei, e ponto final.Esse Heavenly/Blog ainda me mata...rssr...

    ResponderExcluir
  4. Taqui
    Minha vó Canda dizia duas coisas sobre isso:
    1 - o que é bonito é pra se olhar
    2 - olhar não tira pedaço
    Portanto, delicie-se, porque ele é uma delícia mesmo, tem de ser olhado. E cobiçado. E ouvido. Etc.

    ResponderExcluir
  5. San, tudo bem que o cara tem suas qualidades, tudo bem que ele tem essa voz, tudo bem que coisa e tal... pô, mas assim vc estraga o rapaz... rsrsrs

    ResponderExcluir
  6. Concordo com você San: um dos melhores produtos deste planeta; doce e penetrante no olhar; voz quente e aveludada como nunca vi igual; mas também, dorminhoco, manhoso, preguiçoso, generoso, sensível como nenhum outro, compreensivo, surpreendente, e, sobretudo, entendedor dos melhores vinhos, daqueles que te tiram do sério já no terceiro gole, sabe? Também tiro meus trinta chapéus pra ele.

    ResponderExcluir
  7. O anônimo aí está certíssimo em tudo, só que ficou um pouco estranho "Um Anônimo (Venuziano??)falar tudo isso...

    ResponderExcluir
  8. Lee,
    pois olha compadre, o rapaz está totalmente estragado já, pois ouve isso o tempo todo. E muito mais. Mas ele gosta, deixe estar, haha

    ResponderExcluir
  9. Anonimo,
    Não acho ele tão dorminhoco, acho que ele dorme pouco até. Também não acho preguiçoso, pelo contrário. Talvez ele tenha mudado desde que você o conheceu. Manhoso ele pode ser o quanto quiser, por mim tudo bem, também sou manhosíssima e ele atura.
    Generoso, sensível, compreensível, surpreendente, atencioso, gentil, romântico, atento, solícito, pacificador, carinhoso, protetivo, ciumento, bem humorado, engraçadíssimo, espirituoso, delicado, interessante, forte e apaixonado. Entre tantas outras coisas deliciosas.
    Mas não entende tanto assim de vinho, não. Ele mesmo admite isso. Qualquer vinho no terceiro gole tira do sério quem tem essa propensão. É bom quando se quer ficar de pileque, não? Afogar as mágoas.
    Mas eu tirei meus trinta chapéus para o Nego Miranda, não para o Vi. Para ele a coisa é diferente. Eu deixo o chapéu, pra fazer graça, haha

    ResponderExcluir
  10. Sherazade,
    pois é, não sabemos direito o gender de Anônimo mas também isso não vem ao caso, não muda nada, let it be.
    O Sol nasceu pra todos. Que a Vera Maria não nos ouça, haha

    ResponderExcluir
  11. Ele tá parecendo aquele ator que pegou o dinheiro pra fazer o filme Chatô, e não fez.
    Ainda bem, só na aparência.

    ResponderExcluir
  12. Lina,
    suponho que você esteja se referindo ao Guilherme Fontes. Se for, acho o Vi mais másculo, além de definitivamente mais responsável, haha. Se não for o Guilherme, deixe quieto.

    ResponderExcluir
  13. Mas afinal, com tantas fãs enlouquecidas e declaradas, será que alguém ganhou o coração do moço?

    ResponderExcluir
  14. Anônimo,
    que dúvida, hein? Grande enigma, mais enlouquecedor que o final de Lost, haha.

    ResponderExcluir
  15. Fã enlouquecida....15 de maio de 2010 12:19

    Ai,ai,ai, pior é que não queremos ganhar só o coração do moço...rsrsss...

    ResponderExcluir
  16. Well, com ele o coração vem antes de mais tudo. É um menino romântico. E antes que alguma aventureira venha dizer que não é assim, já vou avisando: é, sim. Tanto que deu no que deu.

    O resto é silêncio.

    ResponderExcluir
  17. quá quará quá quá.......

    ResponderExcluir

O que você acha?